top of page

Zona de Aprendizagem: Crescimento Contínuo

Atualizado: 10 de mai. de 2021

A zona de aprendizagem é uma zona de expansão que nos tira da zona de conforto para outro nível de conhecimento. É onde exploramos o novo e descobrimos o diferente.



A transformação digital não é mais uma fase de tendências, ou uma expressão de efeito para justificar a automatização dos processos, é uma realidade global! A tecnologia assume de vez o papel estratégico central, direcionando as decisões de negócios das companhias, em atendimento a uma sociedade que demanda produtos e serviços com possibilidades ilimitadas.


Segundo pesquisas do IDC, a produção de dados dobra a cada dois anos, movimentando cerca de 35 trilhões de gigabytes de informação e R$ 250 bilhões até esse ano de 2021 em programas de Big Data, Business Intelligence, Inteligência Artificial, Machine Learning e Segurança da Informação.

Diante desse cenário, especialistas em criatividade, como o Murilo Gun, afirmam que a principal ferramenta de evolução humana na Era Digital é a APRENDIZAGEM.


Complementando esse entendimento, as principais competências requeridas são: criatividade; soluções de problemas complexos; inteligência intrapessoal e relacionamento interpessoal.


Segundo estatísticas, os empreendedores talentosos geralmente são muito criativos e intuitivos, pensam “fora da caixa” e não se limitam à zona de conforto coletiva. Desta forma, acabam por encontrar soluções inovadoras para problemas complexos.

A inteligência intrapessoal tem a ver com o autoconhecimento e inteligência emocional, e é o ponto de equilíbrio que torna esses indivíduos criativos muito bem relacionados em todas as esferas da sociedade.

“Nós somos muito bons em nos auto convencer a continuar na zona de conforto; a gente é muito bom em enrolar a gente mesmo.” Murilo Gun

Segundo Gun, a zona de conforto tem um nome bonito para algo que não é necessariamente bom, visto que essa palavra “conforto” remete a algo benéfico. Entretanto, a zona de conforto é uma zona que representa acomodação e estagnação.

E a zona de desconforto deveria ter um nome melhor, visto que “desconforto” representa a zona de crescimento, de aprendizagem.


Esta zona de conformismo é um lugar onde ninguém deveria permanecer por muito tempo, visto que não há progresso e desenvolvimento numa zona que já esgotou todas as possibilidades de expansão.

Quanto mais tempo ficarmos apegados ao que já é conhecido, menos energia teremos para movimentar e implementar mudanças positivas.

Geralmente, o que mantém as pessoas presas nessa zona é a tendência humana ao mínimo esforço e o medo de extrapolar os limites, já explorados, rumo a uma situação menos previsível.


Para transcender esta zona, temos que trabalhar internamente nossas emoções e principalmente superar nossos medos, de fracassar, de errar e principalmente, o medo do desconhecido.

Pela nossa experiência diária, a melhor forma de vencer o medo é enfrentá-lo, não deixando que ele te paralise e impeça a realização dos seus projetos.

Superando a zona do medo, entramos na zona da aprendizagem, onde encontramos muitas oportunidades de crescimento e de expansão da nossa visão de mundo. Neste lugar, nós conseguimos descobrir nossas forças, talentos e desenvolver novas habilidades rumo à zona crescimento, que muitos chamam de zona de superação e mudança.

A zona de mudança não significa perder tudo que você conquistou, mas significa adicionar novas experiências em direção ao caminho da sabedoria e mestria.

Esta zona de superação é aquele espaço que te permite traçar metas e objetivos e chegar na realização dos seus sonhos e projetos. É aqui que nos livramos da dependência da opinião dos outros e onde adquirimos a mestria, ou seja, a capacidade de ser mestres de nós mesmos, e consequentemente, de influenciar positivamente na vida de outras pessoas.


Diante disso, nós fortemente encorajamos você a se manter longe da zona de conforto e se desafiar constantemente em direção a zona de superação e crescimento contínuo.

Concluímos este artigo com uma bela citação de SACHO:

“O amor nos põe em movimento, o medo nos paralisa. Escolha o amor para a sua vida!” Aucenir Gouveia (SACHO)


Eu sou Tatiana, entusiasta das ciências e estudiosa sobre tudo o que faz bem à mente, corpo e espírito.


Gratidão pela visita!



Gostou do conteúdo? Registre-se para receber notificações. Curta e compartilhe com os amigos!


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page